PLANTÃO ÚLTIMO SEGUNDO

13 março 2008

Trabalhadores da Construção Civil vencem a luta


Depois de 11 dias de luta, os trabalhadores da construção civil conseguiram a vitória tão almejada. Vítimas da arrogância, do descaso dos patrões, os trabalhadores da construção civil representados pelo Sintracom-Ba, conseguiram vencer os patrões juridicamente.

O setor alegou que as grandes Construtoras conseguiram superávits em todo o ano passado, pois conseguiram vender todos os imóveis construídos.

Os trabalhadores da construção civil reivindicavam aumento de salários, cesta básica, contrato de experiência com no máximo 30 dias, multa diária por atraso de pagamento de salários, refeição gratuita e servida em bandejão, segurança no trabalho, além da redução da jornada de trabalho, de 44 para 40 horas.

Em audiência realizada no dia 07/03/2008 na sede da Procuradoria Geral do Trabalho, no Corredor da Vitória, o Procurador do Trabalho, Dr. Pedro Lino de Carvalho Junior e a Procuradora Regional do Trabalho Edelamare Melo, deu o parecer favorável aos trabalhadores da construção civil.

Os trabalhadores conseguiram a aprovação da concessão alimentícia servida em bandejão; concessão da cesta básica mensal no valor de R$30,00 em cartão alimentação ou “in natura” para operários em canteiros de obras com um contingente superior a 180 empregados; reajuste salarial para o valor de R$430,00 para serventes na capital, 09% para serventes nos demais municípios, e 08% para as demais funções, a partir de janeiro de 2008.

Ficaram paradas cerca de 200 obras em Salvador, segundo informações do Sintracom. Obras na região da Avenida Paralela como Alphaville e Shopping Paralela, ficaram sem trabalhadores em seus canteiros, todos aderidos à greve. As obras no Horto Florestal, e as reformas contratadas pelo governo estadual no Pelourinho e no Estádio de Pituaçu ficaram também paradas. Esta última, segue um cronograma urgente apertado para que as obras estejam prontas, pois será no estádio que o Esporte Clube Bahia irá sediar os jogos do Campeonato Brasileiro da serie B.

Estiveram presentes na secção o presidente do Sintracom-Ba, Raimundo Brito, o presidente da Fetracom, José Nivalto, o presidente do Sinduscon, Vicente Mario, os Advogados Jorge Otavio OAB/BA 14630 e Waldomiro Lins OAB/BA11552, e diretores das entidades envolvidas.

2 comentários:

Ditaur disse...

This comment has been removed because it linked to malicious content. Learn more.

Kazilar disse...

See here or here